Autor: Assessoria Prefeitura Sertãozinho

SECRETARIA DE EDUCAÇÃO: REALIZA COMEMORAÇÃO ALUSIVA AO “DIA DOS AVÔS”

A Secretaria de Educação tendo a frente a sua Secretária Lourdes Farias, em parceria com a Escola Municipal de Ensino Fundamental Manoel Cosmo e Escola Municipal de Ensino Fundamental Severina Nogueira, realizou mais uma comemoração alusiva ao “Dia dos Avôs”, na data do dia 26 de julho de 2018. O evento ocorreu no dia 26 […]

20/08/2018 8h42 Atualizado há 4 anos atrás

A Secretaria de Educação tendo a frente a sua Secretária Lourdes Farias, em parceria com a Escola Municipal de Ensino Fundamental Manoel Cosmo e Escola Municipal de Ensino Fundamental Severina Nogueira, realizou mais uma comemoração alusiva ao “Dia dos Avôs”, na data do dia 26 de julho de 2018.

O evento ocorreu no dia 26 de julho de 2018, iniciou às 13h30min e contou com a presença das avós, docentes, pessoal de apoio Secretária de Educação e do Vereador Clezinaldo Nunes, representando o Poder Legislativo de Sertãozinho/PB.

Ao longo da tarde foi oferecido lanches, brincadeiras e sorteio de brindes para as vovós presentes na comemoração. A seguir um texto sobre a data comemorativa do “Dia dos Avós”, vejam:

“Dia dos Avós: porque celebramos a data no dia 26 de julho?
A data foi criada em Portugal e Brasil graças a campanha de avó portuguesa, conhecida como Dona Aninhas; data também está ligada a celebração de avós de Jesus, São Joaquim e Santa Ana.

Dona Aninhas era como todos conheciam a portuguesa Ana Elisa do Couto (1926-2007) em Penafiel, cidade de 15 mil habitantes na região do Porto. E se hoje ela tem uma placa afixada em praça pública na terra natal não é sem motivo: foi por causa dela, avó de quatro netas e dois netos, que o dia 26 de julho se tornou reconhecido como Dia dos Avós em Portugal – data também celebrada no Brasil.
Nos anos 1980, porque ela achava que ninguém dava o valor merecido aos avôs e avós, decidiu se tornar uma missionária da causa. Dona Aninhas esteve em países como Brasil, França, Estados Unidos, Alemanha, África do Sul, Espanha, Angola, Suíça e Canadá, sempre defendendo que se comemorasse o Dia dos Avós. E a data escolhida tinha um forte motivo: dia 26 de julho é quando a Igreja Católica celebra São Joaquim e Santa Ana, pais de Maria, avós de Jesus.

Uma história, entretanto, que nem na Bíblia está. “Não há nomes, pormenores, nem citações da vida e da existência dos pais de Maria”, afirma o teólogo e filósofo Fernando Altemeyer Júnior, professor da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP). “Ambos são citados no evangelho apócrifo de São Tiago, não reconhecido pela Igreja. Portanto, não constam em livros canônicos.”

Isso não impediu que São Joaquim e Santa Ana viessem a ser reconhecidos e celebrados pela Igreja como pais de Maria.

Religiosidade
Desde o século 6 há registros do culto e da veneração aos pais de Maria. “No mundo ocidental, a popularização acontece sobretudo no século 14”, pontua Altemeyer.

O teólogo lembra que São João Damasceno, monge sírio que viveu entre 676 e 747, quando comentava o Natal, já abordava os pais de Maria com esses nomes, como sendo o casal São Joaquim e Santa Ana.
“Sua festa era celebrada originalmente em 20 de março, junto a São José. Depois, acabou transferida para 16 de agosto, por causa do triunfo da filha, Maria, na Assunção, no dia precedente”, conta Altemeyer. “Em 1879, o papa Leão 23, cujo nome de batismo era Gioacchino, ou seja, versão italiana de Joaquim, oficializou a festa em toda a Igreja. Já o dia 26 de julho foi determinado pelo papa Paulo 6º.”
No imaginário religioso, por sua vez, é famosa a representação dos avós de Jesus na Capela dos Scrovegni, em Pádua – pintada por Giotto (1276-1337).

Outros países

Mas o dia 26 de julho não é um consenso mundial. Na Itália, por exemplo, houve a preocupação de desconectar o Dia dos Avós da memória dos santos, justamente para enfatizar o caráter civil (e não religioso) da celebração- e a “Festa Dei Nonni” é celebrada dia 2 de outubro.
Nos Estados Unidos, comemora-se no primeiro domingo de setembro. No Reino Unido, no primeiro domingo de outubro. A França é um caso raro: há o Dia das Vovós (primeiro domingo de março) e o Dia dos Vovôs (primeiro domingo de outubro).

A Estônia comemora no segundo domingo de outubro. A Austrália, no primeiro domingo de novembro. O Canadá, em 25 de outubro.(Fonte: https://g1.globo.com/mundo/noticia/2018/07/26/dia-dos-avos-porque-celebramos-a-data-no-dia-26-de-julho.ghtml)

“Juntos Construindo Uma Nova História”


Ao continuar navegando no nosso portal, você concorda com a nossa Política de Privacidade. Para ter mais informações, acesse nossa página de Política de Privacidade

Page Reader Press Enter to Read Page Content Out Loud Press Enter to Pause or Restart Reading Page Content Out Loud Press Enter to Stop Reading Page Content Out Loud Screen Reader Support